Resenha: Jogos Mentais, Teri Terry

Olás!
Hoje eu trago a resenha de mais um livro da parceria com a Editora Farol Literário, e de um autora bem conhecida por aqui: Teri Terry, que escreveu a trilogia Reiniciados!
Espero que gostem!


Nome: Jogos Mentais
Nome original: Mind Games
Autor: Teri Terry
Editora: Farol Literário
Páginas: 480
link no skoob: http://www.skoob.com.br/jogos-mentais-529876ed538200.html

Nota: 


Sinopse:
Em um mundo futuro, viver entre o universo real e o virtual é cotidiano. Todos os dias, as pessoas se plugam a uma realidade virtual, criada por uma poderosa empresa do governo, onde podem fazer tudo: se divertir, ir às compras ou estudar. Tudo sempre rigorosamente controlado.
Luna, diferentemente de seus amigos e de sua família, não consegue se conectar por inteiro a essa dimensão, por isso permanece ao mesmo tempo nos dois mundos. Ser diferente nesse sentido, no entanto, acaba levando-a a fazer descobertas surpreendentes e assustadoras sobre essas realidades, que mudarão por completo os rumos de sua vida.

Resenha:
Luna vive em um mundo onde praticamente todo mundo vive uma vida virtual. Ou seja, a maior parte da população possui um implante adicionado ao cérebro, que permite que eles interajam, aprendam, briquem, tudo virtualmente. Luna é um dos poucos Recusadores, pessoas que não querem colocar o implante e preferem viver a vida de maneira oldscool. Mas aos poucos descobrimos que ela guarda um grande segredo, e precisa protegê-lo e impedir que a empresa que controla o sistema, a PareCo, descubra.

Eu gosto muito de distopias que trazem ideias de ficção científica e tecnologia, acho que é uma boa combinação e quase sempre tem resultados ótimos. Fiquei encantada com o mundo que a autora criou, com as pessoas se plugando a mundos de realidade virtual e podendo até alterá-los - se você possuir habilidades de Hacker

Ao longo do livro descobrimos que a PareCo, empresa que cuida dos implantes, talvez não seja tão boazinha assim e não esteja só interessada no bem estar dos seres humanos. E Luna precisa tomar uma decisão: se manter a salvo ou tentar salvar o mundo. Só lendo para descobrir haha O livro é cheio de personagens que num primeiro momento parecem estar do lado de Luna, mas ela precisa descobrir em quem pode realmente confiar. Nem tudo que parece, é. E ela precisa aprender a detectar as diferenças. 

Em determinada parte do livro a outra série escrita pela mesma autora, Reiniciados (que foi resenhada aqui no blog também), é citada, quase como um easter egg. Achei a ideia sutil e me bateu aquela nostalgia e saudade da outra saga. :3

E por falar em Reiniciados, a autora continua escrevendo maravilhosamente bem. Demorei um pouco para finalizar a leitura por fatores externos ao livro e à minha vontade, mas sempre que podia eu escapava da vida para ler mais um pouquinho. A linguagem e a forma como a autora escreve nos deixam completamente imersos na história, era quase como se eu estivesse junto com a Luna passando por todas as dificuldades que ela enfrentou. Se a Editora Farol Literário publicar mais livros dessa autora, com certeza irei lê-los! Já sou fã de carteirinha!

No final, fiquei com a mesma sensação que tive em Despedaçada: um final bom, mas não um final feliz. O livro inteiro é praticamente uma sobrevivência para Luna, e o final é uma libertação. Mas mesmo assim, dolorosa. 

Algumas reflexões ficam acerca da tecnologia que permeia o livro e o nosso mundo também: hoje em dia tudo que fazemos é através da tecnologia, e precisamos analisar se isso tudo é realmente necessário e o que estamos deixando de fazer no mundo real para ficarmos ligados no virtual. 

Resenha: Para Sir Philip, Com Amor, Julia Quinn

Olás!
Hoje eu trago a resenha do quinto livro da série Os Bridgertons!
Espero que gostem!




Nome: Para Sir Phillip, Com Amor
Nome original: To Sir Phillip, With Love
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 276


Nota: 

Sinopse:
Eloise Bridgerton é uma jovem simpática e extrovertida, cuja forma preferida de comunicação sempre foram as cartas, nas quais sua personalidade se torna ainda mais cativante. Quando uma prima distante morre, ela decide escrever para o viúvo e oferecer as condolências. 
Ao ser surpreendido por um gesto tão amável vindo de uma desconhecida, Sir Phillip resolve retribuir a atenção e responder. Assim, os dois começam uma instigante troca de correspondências. Ele logo descobre que Eloise, além de uma solteirona que nunca encontrou o par perfeito, é uma confidente de rara inteligência. E ela fica sabendo que Sir Phillip é um cavalheiro honrado que quer encontrar uma esposa para ajudá-lo na criação de seus dois filhos órfãos. 
Após alguns meses, uma das cartas traz uma proposta peculiar: o que Eloise acharia de passar uma temporada com Sir Phillip para os dois se conhecerem melhor e, caso se deem bem, pensarem em se casar? 
Ela aceita o convite, mas em pouco tempo eles se dão conta de que, ao vivo, não são bem como imaginaram. Ela é voluntariosa e não para de falar, e ele é temperamental e rude, com um comportamento bem diferente dos homens da alta sociedade londrina. Apesar disso, nos raros momentos em que Eloise fecha a boca, Phillip só pensa em beijá-la. E cada vez que ele sorri, o resto do mundo desaparece e ela só quer se jogar em seus braços. 
Agora os dois precisam descobrir se, mesmo com todas as suas imperfeições, foram feitos um para o outro. (fonte: Skoob)

Resenha:

Não sei nem como expressar o tamanho do meu amor por essa série da Julia Quinn. É uma série extremamente envolvente, com livros incríveis e que nunca deixam a peteca cair ou perdem qualidade. É de se admirar que, depois de tantos livros e com mais alguns ainda pela frente, meu carinho só cresça. Estou temerosa com o que o fim dessa série vai me causar haha

Vamos começar por Eloise. Sempre gostei dela nas participações que fazia nos outros livros, seus comentários sempre afiados e sua mente sempre trabalhando. Porém, quando seu irmão Colin e sua melhor amiga Penélope anunciaram seu noivado, Eloise meio que surtou. Afinal de contas, ela já tem 28 anos e todos os planos de ficar solteira pelo resto da vida incluíam Penélope, que nunca teve planos nem pedidos de casamento. Eu sei que pode parecer um pouco egoísta (e ela reconhece isso no livro), mas foi uma atitude muito humana, e admirei o fato da autora ter conseguido criar uma personalidade tão próxima a nós, cheia de defeitos e que erra de vez em quando. E foi durante esse surto que ela recebeu uma proposta de casamento de Sir Phillip, e resolveu ir atrás dessa possibilidade que apareceu em sua vida. 

Sir Phillip é uma pessoa que sofreu a perda recente da esposa e precisou tomar para si a responsabilidade de criar dois filhos gêmeos. De infância conturbada, ele prometeu a si mesmo que faria tudo por eles. Mas não parece estar funcionando, e ele vê em Eloise a oportunidade perfeita para dar uma mãe aos pequenos. Ele não procura romance, e sim um casamento agradável com alguém que ajude-o a gerenciar sua vida. O que ele não esperava era que Eloise fosse alguém que sempre diz o que pensa e nunca deixa passar uma oportunidade de expressar sua opinião. Então, quando eles se conhecem, os dois gênios batem de frente e ele se sente perdido outra vez. Mas nenhum dos dois esperava que a convivência fosse aparar as arestas e torná-los certos um para o outro. Não acho que eles sejam perfeitos, não tive aquele feeling de contos de fadas enquanto lia, mas tive um feeling de certeza. E foi tão bom quanto.

“Não, ela não precisava de ninguém perfeito. Só precisava de alguém perfeito para ela.”

Enquanto eu lia o quinto volume, visualizava sir Phillip exatamente como o ator Henry Cavill na minha cabeça. Afinal de contas, Phillip é lindo, forte, com um ar um pouco rústico, um sorriso lindo de matar e uma pitada de timidez. Além disso, as características físicas batem certinho. E voilá, temos uma Jordaninha suspirando durante muitas passagens do livro. haha 


Uma coisa que gostei bastante foi a interação entre os filhos de Phillip, Oliver e Amanda, e Eloise. No começo muito desconfiados e cheios de travessuras na manga, as crianças não estavam acostumados a uma presença forte e ao mesmo tempo travessa como elas. Afinal de contas, Eloise tem sete irmãos! É claro que ela sabe lidar com crianças, tendo três irmãos mais novos. A sutileza da relação que se construiu entre os três foi muito gostosa de acompanhar. Claro que as crianças atrapalharam um pouco o romance, mas é absolutamente perdoável. <3

A escrita da autora continua impecavelmente deliciosa, divertida e tão romântica que fico com borboletas no estômago enquanto leio. Os Bridgertons já se tornou uma das minhas séries favoritas a muito tempo, desde o primeiro volume. A capa é linda e tive o sentimento de que é Eloise, olhando pela porta e esperando algo mais - seu Phillip, que talvez ainda nem tivesse conhecido ou encontrado. Estou super ansiosa pelo próximo volume, O Conde Enfeitiçado, quando finalmente poderei conhecer Francesca. 

Recomendo muito mais esse romance maravilhoso escrito pela Julia Quinn!

Unboxing: Nerd Loot #11

Olás!
Hoje eu trago mais um unboxing da Nerd Loot!
Espero que gostem!



No post da Nerd Loot #10 (aqui), eu expliquei como funciona o processo de assinatura e envio das caixas. Então, dessa vez irei mostrar somente os itens que vieram, ok?! :)

Unboxing




O tema da caixa 11 foi The Gaming World: Classics, com a seguinte chamada:

"Exploradores, uma nova fase surge diante de nós e somente aqueles que conhecem o real poder de um bom jogo poderão nos acompanhar. O mundo dos games clássicos está a nossa frente, chame o player 2 para lhe fazer companhia e explore todos os cenários possíveis. Corra o mais rápido que puder, esmague seus adversários e pule por cima de todos os obstáculos que impedem você de chegar ao seu loot."




O item que eu mais esperava na caixa era, definitivamente, a camiseta. Afinal de contas, no meu primeiro loot recebi um moletom. Então, não sabia muito bem como seria esse item. Confesso que me surpreendi muito com a estampa, achei linda e muito muito fofa haha O material achei ok, mas li reviews de assinantes antigos dizendo que a qualidade caiu. Preciso esperar para ver como será a caiseta do próximo Loot para tirar minhas conclusões. Abaixo, uma foto da camiseta e um zoom da estampa pra vocês se apaixonarem: 

 

Agora, um item que confesso que demorei um pouco a entender: a pelúcia do Bullet Bill, do Mário (precisei pesquisar o nome gente, me perdoem). Não achei a caracterização muito boa, mas é grande e fofinha :3 Acho que seria melhor se fosse um chaveiro ou uma miniatura, ficaria mais fácil de usar.

 

O próximo item também é referente aos jogos do Mario: a famosa estrela! Achei a ideia ótima e já coloquei a estrelinha para fazer companhia aos outros mimos que tenho na minha mesa de trabalho :3 Atrás, o logo da empresa NerdLoot.

 

Esse item foi um dos que mais gostei, uma vez que é um pouco mais útil: um copo com diversos desenhos super fofos representando os jogos e um slogan de "We are the 16-bit Generation". Achei fofo demaaaais o slogan e os desenhos e tudo haha E eu adoro vermelho, e era um cor de copo de acrílico que eu ainda não tinha. Pontos!!!


O próximo item achei engraçadinho, bem bolado e fofo! É um medidor de felicidade com personagens de jogos! haha E vem com imã pra colar na geladeira e mexer todos os dias :3 Eu sou o Snorlax haha


Esse item achei um pouco desnecessário e poderia ter sito trocado por uma referência a outro jogo que não o Mário. Além disso, achei o tamanho do pingente muito grande, e como eu não gosto muito de bijuterias grandes, vou arrumar algum lugar da casa para pendurá-lo.


O último item é o poster, apesar de não conhecer o jogo achei a arte muuuuuuuito bonita! Só fiquei triste que o material onde foi impresso o poster é muito mais fino que o material dos posters do Loot #10, e acabou deixando o item muito frágil.


Por fim, o poster de informações sobre os itens que vieram na caixa :) Claro que eu não ia colocar ele primeiro, para não dar spoilers para vocês. A próxima caixa será a caixa comemorativa de um ano da Nerd Loot, então estou super ansiosa e esperançosa pelo que virá.
 


Eu não tive videogames quando criança, então o tema do loot ficou um pouco perdido para mim. Mas mesmo assim gostei dos itens escolhidos. Só achei que teve muitas referências aos jogos do Mário, com a estrela, o colar e a pelúcia, e caiu no mesmo problema do loot passado: muitas referências na arte e poucas sendo aproveitadas na caixa. Espero que se liguem nisso e tentem diversificar mais nas próximas caixas.

Editora Draco: Lançamentos da Bienal de São Paulo de 2016

A Editora Draco estará presente na 24ª Bienal Internacional do Livro São Paulo, no Estande N070, com todo o catálogo de livros e quadrinhos, além de v
draco-bienal-livro-sp
Editora Draco estará presente na 24ª Bienal Internacional do Livro São Paulo, no Estande N070, com todo o catálogo de livros e quadrinhos, além de vários lançamentos! Confira a agenda dos nossos autores no nosso blog:http://blog.editoradraco.com/2016/08/draco-na-bienal-internacional-do-livro-de-sao-paulo/

AS NOVIDADES DO DRAGÃO!

metropole

Metrópole – Despertar, Melissa de Sá

Nada é real. Nenhum lugar é seguro. Abra os olhos.
Após o Grande Caos, Metrópole se ergueu sobre os escombros da civilização humana. Andrella é apenas mais uma adolescente que busca a excelência intelectual no meio dessa sociedade que preza a perfeição e o controle acima de tudo. Mesmo tendo sido criada pelo excêntrico Argorio, tudo que Andrella deseja é ser uma Metropolitana exemplar e viver do jeito que esperam que viva.
Mas quando o próprio Argorio é vítima de um crime que não acontece em Metrópole há mais de vinte anos, Andrella começa a perceber que talvez o Conselho da cidade queira seus segredos bem escondidos. Agora ela puxará os fios de uma teia que oculta uma verdade terrível não apenas sobre a cidade, mas também sobre si mesma. Afinal, o que há além das fronteiras de Metrópole? Estariam lá as respostas sobre quem Andrella realmente é?
Metrópole – Despertar, de Melissa de Sá, é uma distopia que culmina em uma trama de violência, poeira e perseguições em que nada é o que parece. Tensão, suspense e romance estarão presentes para aqueles que ousarem ler nas entrelinhas. E você? Está pronto para descobrir o que está por trás dos muros das aparências?
Autora: Melissa de Sá 
ISBN: 978-85-8243-185-6
Gênero: Distopia, ficção científica
Formato: 14 cm x 21 cm
Páginas: 184
Preço de capa: R$ 35,90 (papel)
R$ 19,90 (e-book)
farlands

Jornada para Far Lands – uma aventura não oficial de Minecraft

Para cruzar o Nether e chegar a Far Lands, é preciso muito mais que ferramentas e habilidade!
Davi tem certeza de duas coisas: ele ama jogar Minecraft e detesta aquela tal de Minako, a menina mais irritante da sua classe.
Mina também sabe de duas coisas: Minecraft é seu jogo preferido e ela não aguenta mais Davi, aquele menino insuportável que vive para atormentar sua vida na escola.
O que os dois não sabem é que vão acabar presos dentro do game e precisarão unir forças para lutar contra inimigos, sobreviver aos perigos do Nether e chegar à misteriosa Far Lands. Com coragem, um pouquinho de paciência e uma boa dose de amizade, juntos tentarão desvendar o grande segredo do servidor mais sinistro de Minecraft!
Jornada para Far Lands é uma aventura não oficial de Minecraft por Karen Alvares. Uma história bem contada por quem adora games e vai levar os fãs por uma viagem inesquecível. Mas atenção! Depois dessa missão, eles nunca mais serão os mesmos. Pressione start e comece a ler agora mesmo!
Autora: Karen Alvares
ISBN: 978-85-8243-189-4
Gênero: infantojuvenil
Formato: 14 cm x 21 cm
Páginas: 96
Preço de capa: R$ 24,90 (papel)
R$ 12,90 (e-book)
dinossauros

Dinossauros, org. Gerson Lodi-Ribeiro

É hora de reimaginar os seres mais incríveis que habitaram o planeta
Eles estão extintos, mas continuam a abrir trilhas pelas selvas profundas do imaginário popular. Do cinema à literatura fantástica, dos games aos quadrinhos, a maioria das histórias abordou esses gigantes queridos do passado como monstros desajeitados e pouco inteligentes, meros troféus obtidos em safáris mesozoicos.
Não neste livro. Aqui não faltará imaginação para recriar esses animais de misteriosa fisiologia.
Dinossauros é uma antologia de ficção científica organizada por Gerson Lodi-Ribeiro em que ele participa com contos ao lado de Sid Castro, Bruno Anselmi Matangrano, J. M. Beraldo, Nuno Almeida, Roberta Spindler, Cirilo S. Lemos, J. R. R. Santos, Priscila Barone, Felix Alba, Rodrigo van Kampen, A. Z. Cordenonsi, Simone Saueressig, Flávio Medeiros Jr. e Antonio Luiz M. C. Costa.
Uma garota educada por selenossauros é a primeira crononauta terrígena. Nos tempos do Brasil Colônia, bandeirantes cruzam um portal e regressam a um passado repleto de bichos estranhos. Uma expedição humana explora ilha habitada por dinossauros homeotérmicos, emplumados e racionais. Invasores alienígenas sauriformes transformam os humanos em escravos de cama e mesa. Dinos inteligentes sobrevivem como favelados num Rio de Janeiro vitoriano. Acidentes em cronolaboratórios. Galinhas malévolas. Uma espécie de Barney homicida. Estranhos animais de estimação. Dinossauros.
Vista seu melhor traje de explorador e embrenhe-se nas selvas, cidades e laboratórios dessas páginas. Mas leve um rifle, só por garantia. Afinal os dinos parecem sempre estar com fome.
Organizador: Gerson Lodi-Ribeiro 
ISBN: 978-85-8243-132-0
Gênero: ficção científica
Formato: 14 cm x 21 cm
Páginas: 380
Preço de capa: R$ 57,90 (papel)
R$ 24,90 (e-book)
rainha

A Rainha Sombria, Vivianne Fair

Liberte o seu lado sombrio nesse mundo mágico
Jade é uma jovem universitária que perdeu a memória aos doze anos de idade. Até aí tudo bem, mas a cada dia que passa sente-se mais agressiva enquanto coisas estranhas acontecem ao seu redor. Desejos de vingança, frascos de ácido que explodem, superforça. Não pode ser só a puberdade, afinal nem todo adolescente tem tanta força assim, certo?
Quando retorna à biblioteca onde foi encontrada ferida há muitos anos, a cena se repete, mas desta vez Jade é sugada para dentro de um mundo que parece ter saído de um conto de fadas.
Lá um feiticeiro explica que há uma rainha vivendo dentro dela. Mas é uma rainha cruel e muitos virão tentar matá‑la. Tentando conviver com o mal dentro de si, Jade sai em jornada para descobrir como se libertar, tentando não morrer no processo. Mas ela terá a ajuda de heróis, então provavelmente vai dar tudo certo.
A Rainha Sombria é uma divertida aventura de Vivianne Fair, autora da série A Caçadora. Quando a definição do que é ser bom ou mau está em jogo, Jade descobrirá coisas sobre a Rainha Sombria que ninguém mais sabe. Então deverá tomar uma difícil decisão – e nessa hora é você quem vai escolher o final da história.
Autora: Vivianne Fair
ISBN: 978-85-8243-187-0
Gênero: infantojuvenil
Formato: 14 cm x 21 cm
Páginas: 228
Preço de capa: R$ 39,90 (papel)
R$ 19,90 (e-book)
dezoito

Dezoito de Escorpião, Alexey Dodsworth

Seria melhor se estivéssemos sós
Fim do século XX. Um astrofísico brasileiro descobre que uma pálida estrela da Constelação do Escorpião é uma gêmea perfeita de nosso Sol. Segunda década do século XXI. Vários adolescentes brasileiros entram em surto psicótico ao mesmo tempo, durante uma explosão solar.
Como podem eventos tão distintos ameaçar um mesmo segredo? De que forma esses fatos podem afetar uma vila no coração da selva? A Vila Muhipu, resguardada por índios da etnia Tukano, é um paraíso onde o sofrimento não passa de lembrança. Uma utopia que deve ser mantida escondida a todo custo, e o doutor Ravi Chandrasekhar não poupará esforços nesse sentido.
Em Dezoito de Escorpião, romance vencedor do Prêmio Argos 2015, Alexey Dodsworth (de O Esplendor) se apropria de fatos científicos reais e os recria, compondo uma trama que se debruça sobre a mais intrigante questão: estamos sós no Universo? Descubra por sua conta e risco.
Autor: Alexey Dodsworth 
ISBN: 978-85-8243-182-5
Gênero: ficção científica
Formato: 14 cm x 21 cm
Páginas: 324
Preço de capa: R$ 49,90 (papel)
R$ 24,90 (e-book)
misteriosmal

Mistérios do Mal – contos de horror, Carlos Orsi

Medo, mistério e morte
A humanidade sempre acreditou que eles fossem deuses ou demônios, mas ninguém imaginava que essas são criaturas que habitam dimensões infinitas onde pesadelos indescritíveis se tornam reais.
Mas há aqueles que insistem em chamar a atenção desses Grandes Antigos. Quando isso acontece, a busca pelo conhecimento levará os seres humanos a entrar em contato com osMistérios do Mal.
Nesta coletânea, Carlos Orsi (Tempos de Fúria e Guerra Justa) conduzirá o leitor por horríveis caminhos traçados pela curiosidade humana. Encontre um mago do Terceiro Reich escondido na Mata Atlântica. Conheça monumentos soterrados nas areias marcianas. Assista a uma montagem da peça maldita O Rei Amarelo nos anos de chumbo da ditadura militar. Presencie o preço pago quando tecnologia alienígena for posta a serviço do capitalismo mais selvagem. E, por fim, descubra por que o autor é considerado uma das mentes mais afiadas da literatura fantástica brasileira. Isso é, se você conseguir despertar.
Autor: Carlos Orsi
ISBN: 978-85-8243-192-4
Gênero: ficção científica
Formato: 14 cm x 21 cm
Páginas: 324
Preço de capa: R$ 44,90 (papel)
R$ 19,90 (e-book)
serestrevas

Seres das trevas – histórias de terror, Alex Mir e Alex Genaro

Quando a noite cair, não abra a porta.
Pegue um punhado do espírito dos monstros clássicos do cinema, uma pitada de quadrinhos da cripta, acrescente doses generosas de horror brasileiro bem apimentado e leve a um forno pré-aquecido com chamas infernais. Essa é a receita de Alex Mir para criar seus apavorantes e surpreendentes contos, na melhor tradição das antigas publicações da literatura de terror.
Aqui vagam hordas de zumbi. Máquinas transportadoras de almas. Um lobisomem atrás de uma porta de aço. Vampiros na noite paulista. Navegadores portugueses que se deparam com tribos sanguinárias. Crianças que recebem ordens sinistras de um bicho de pelúcia. Rituais de feitiçaria que não saem como o previsto. O Boto e o Saci brigando por uma bela mulher. A convocação do Anhangá. Experiências extraterrestres.
Com texto de Alex Mir e ilustrações de Alex Genaro, Seres das trevas – histórias de terror conduz o leitor de volta para o tempo em que ficava até tarde no sofá da sala, assistindo a filmes que gelavam a espinha e faziam cada ruído se transformar em uma deliciosa fonte de medo. Antes de começar a ler, porém, verifique se a porta está trancada e se não há nada debaixo da cama. Será que aquela sombra é apenas uma sombra?
Autor: Alex Mir
Ilustrador: Alex Genaro
ISBN: 978-85-8243-191-7
Gênero: terror
Formato: 14 cm x 21 cm
Páginas: 104
Preço de capa: R$ 27,90 (papel)
R$ 15,90 (e-book)
hq-banner

LANÇAMENTOS DRACOMICS

cutulu-verniz-1-baixa

O despertar de Cthulhu em quadrinhos, org. Raphael Fernandes

O desespero é verde
A cultuada obra de H. P. Lovecraft é a principal inspiração dessa coletânea com oito HQs que transportarão a imaginação para o lado mais obscuro da mente humana, um horror cósmico em preto, branco e verde.
São 168 páginas desesperadoras onde criaturas tão antigas quanto o universo são capazes de corromper a alma humana apenas com sua presença. Onde a doença, a loucura e a perversão são pano de fundo para histórias que vão testar os limites de sua sanidade.
A organização do álbum envolveu Raphael Fernandes, que maculou a alma do time de quadrinistas formado por Dudu Torres, Antonio Tadeu, LuCas Chewie, Airton Marinho, Fabrício Bohrer, Caiuã Araújo, Marcio de Castro, Lucas Pereira, Samuel Bono, Jun Sugiyama, Daniel Bretas, Hilton P. Rocha, Bárbara Garcia e Elias Aquino. Todos perdidos em uma enigmática capa de João Pirolla.
O despertar de Cthulhu em Quadrinhos é o horror que não pode ser pronunciado, perca-se em imagens e histórias que não deveriam ter sido concebidas. Agora não há mais volta para os envolvidos pelos tentáculos do desespero, é hora de acordar para uma realidade decadente e tingida em apenas duas cores.
Organização: Raphael Fernandes
ISBN: 978-85-8243-197-9
Gênero: horror cósmico, suspense
Formato: 17cm x 24cm
Páginas: 168 (duotone)
Preço de capa: R$ 49,90 (papel)

Unboxing: Fan Box Dc Comics ~ Esquadrão Suicida


Olás!
Hoje eu trago mais um post de unboxing! Dessa vez é da Fan Box da DC Comics brasileira!
Espero que gostem!


O que é?

A Fan Box DC Comics é um clube de assinaturas oficial da DC Comics no Brasil, comandado pela empresa Band Up!. Você realiza seu cadastro e recebe todos os meses uma mystery box recheada de produtos exclusivos relacionados ao tema do mês, sempre de personagens da DC Comics. São mais de R$120 em produtos pagando apenas R$79,90 mensais. Existem três planos: Mensal, Semestral e Anual. Confira na imagem abaixo os benefícios de cada plano:



  • ENTREGAS A PARTIR DO DIA 20 DO MÊS SUBSEQUENTE (exemplo: BOX paga em Maio será entregue em Junho)
  • Os Planos Mensais são cobrados automaticamente TODO MÊS. 
Como funciona?

Todos os meses, um tema é lançado no site da loja da DC Comics (http://www.lojadccomics.com.br/), permitindo que você assine o serviço para desfrutar da box daquele tema. Após o término do mês, os pedidos fecham e as caixas começam a ser montadas, de acordo com a quantidade de pedidos e o tamanho das camisas escolhidas pelos assinantes. Então, você recebe um email com o código de rastreio da postagem da caixa nos correios, e espera ansiosamente a caixa chegar em sua casa :D A assinatura é feita por cartão de crédito e é renovada automaticamente todos os meses entre os dias 1 e 5. 

Unboxing

O tema da caixa do mês de Agosto foi Esquadrão Suicida, devido ao lançamento do filme.




Um item que me deixou extremamente decepcionada foi o item que é sempre o mais esperado em todas as caixas: a camiseta. Ela deveria ser exclusiva e igual para homens e mulheres, porém a loja optou por enviar uma blusa da Harley Quinn que está à venda na loja online. Além disso, fiquei decepcionada pois essa blusa pode ser encontrada em outras lojas, como a Riachuelo, por um preço menor. E foi o caso de eu ter adquirido essa blusa na Riachuelo três semanas antes da chegada da caixa, pois eu não imaginava que iria chegar um produto disponível na loja. Entrei em contato com o SAC da loja e perguntei o motivo do envio desse produto em específico: desseram que resolveram enviar essa blusa pois era muito pedida pelas compradoras na loja. Enfim, enviei um email para o setor de trocas deles para tentar trocar o produto. Vamos ver como isso vai se desenrolar.


Um item que eu gostei na box foi o pôster, achei bonito e bem feito. Além disso, é bem grande! Eu tinha um plano de emoldurar todos os pôsteres que eu recebesse em mystery boxes, mas vou esperar um pouco para emoldurar esse pois tenho certeza que sairá caro rs A arte é bem colorida combinando com as cores do filme, rosa e verde.


Um item que achei surpreendente foi o mostrado na foto abaixo: uma bandeira com a logo do esquadrão! Sério! O material parece resistente e a impressão da estampa ficou ótima. Ainda não sei se irei pendurar na parede, mas foi um item curioso e interessante.


Outro item que recebi foi um plush da Harley Quinn, com o visual do filme. Achei um item ok, irei colocar na minha estante pois não sei mais onde posso colocá-la rs A imagem está bonita, mas o uniforme da personagem no filme me deixou um pouco incomodada.


O próximo item era um que eu estava esperando bastante, uma vez que assisti a reviews em vídeo das outras boxes e também veio na caixa do Batman vs Superman: o ingresso para o filme. Já que a caixa é oficial da DC Comics, acho imprescindível a existência desse item na caixa, para podermos conferir o filme em grande estilo rs


E o último item é a HQ número Zero do Esquadrão Suicida dos Novos 52 da DC. Eu ainda não li nenhuma HQ do Esquadrão, esperava conseguir ler antes do filme sair mas não foi possível. A qualidade da revista parece muito boa e achei um bom item. Espero poder conferir em breve.


Não gravei esse unboxing em vídeo pois estou sem tempo de gravar e editar vídeos, minha vida acadêmica anda bastante complicada. Espero que tenham gostado da review :D
Próxima Página Home